UBERLÂNDIA RECEBE O ESPETÁCULO “MINHA MÃE É UMA PEÇA”!

Onze anos após sua estreia, “Minha Mãe É Uma Peça” volta aos palcos. A remontagem vem para comemorar a trajetória de Dona Hermínia, personagem que conquistou todo o país e que já levou mais de 2 milhões de espectadores aos teatros e 15 milhões de espectadores aos cinemas de todo o Brasil, com os filmes Minha Mãe É Uma Peça 1 e 2. Em Uberlândia, a apresentação será às 20h do dia 14 de dezembro, na Arena Sabiazinho.

Quem assina o texto e dá vida a fulgurante Dona Hermínia, personagem com rara carga de humanidade, fator que gera identificação maciça do público, é o ator Paulo Gustavo, que consegue eletrizar o público com a mais perfeita tradução da personagem que ele mesmo criou.
Em princípio, todo o texto que aborde de maneira sensível as relações familiares, especialmente de pais e filhos, já tende a garantir uma identificação com a plateia. Contudo, Paulo Gustavo transcende os estereótipos e clichês e com um olhar agudo, acessa de forma sensível o delicado e muito bem-humorado universo de Dona Hermínia.

A peça fala de afeto, de laços familiares que superam “entreveros” e “confusões”.
O que pode faltar em “simpatia” a Dona Hermínia, sobra em graça. A personagem é divertidíssima. Bom para a plateia; afinal, rir dessas mulheres é um bom modo de não enlouquecer junto com elas. Para este espetáculo, Paulo Gustavo trouxe à tona a bagagem de suas experiências e observações domésticas, compondo com elas um espectro dos humores femininos, gestos, trejeitos, falas, atitudes, achaques e ataques, oferecendo uma minuciosa observação do cotidiano brasileiro que resultou numa comédia especialmente sensível e bastante divertida.

Nessa reedição, chamou-se o aclamado cenógrafo Zé Carratu, que imprimiu sua sofisticação a nova ambientação da peça e a figurinista Reka Koves, que trouxe a contemporaneidade ao visual da personagem. A iluminação é de Marcos Olivio, um craque, e a trilha sonora renovou-se na antiga e ultra bem-sucedida parceria com Zé Ricardo. A direção continua com o talentosíssimo João Fonseca, premiado diretor de inúmeros sucessos do teatro brasileiro, parceiro já de longa data do Paulo em diversos trabalhos.

Os ingressos estão à venda na loja Dudalina, no Center Shopping, ou pelo Bilheteria Digital: https://www.bilheteriadigital.com/minha-mae-e-uma-peca-14-de-dezembro

INTERNACIONALMENTE RECONHECIDO “GRUPO CORPO” SE APRESENTA EM UBERLÂNDIA!

A melhor companhia de dança contemporânea do Brasil apresentará dois dos seus espetáculos em Uberlândia no próximo final de semana.

O Grupo Corpo está em ação há mais de 40 anos e encanta o mundo com apresentações que trazem a beleza do movimento numa interpretação artística além da gravidade. Durante os três dias, antes das apresentações, haverá ainda, uma performance dos alunos do curso de dança do Instituto de Artes da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), no foyer do Teatro Municipal, a partir das 19h30.

A vinda do Corpo a Uberlândia faz parte do projeto Uberlândia na Rota do Teatro, que tem aporte parcial do Programa Municipal de Incentivo à Cultura, com incentivo da Algar e Sankhya e co-patrocínio direto de Brasal Incorporações, Politriz, Colégio Nacional, Terra Brasilis e Karaíba Reaurante, além do apoio da Diretoria de Cultura da Universidade Federal de Uberlândia e Imobiliária Objetiva, entre outros colaboradores.

GRUPO CORPO

A companhia mineira tem o histórico de apresentações nacionais e internacionais e conta com mais de 35 coreografias e mais de 2.200 récitas na bagagem. A companhia mantém dez balés em repertório e faz uma média de 70 récitas anuais, apresentando-se em lugares tão distintos quanto à Islândia e a Coreia do Sul, Estados Unidos e Líbano, Itália e Cingapura, Holanda e Israel, França, Japão, Canadá e México.

As coreografias “Suíte Branca” e “Dança Sinfônica” foram concebidas para a comemoração dos 40 anos da companhia em 2015. Recentemente estas performances foram apresentadas em Belo Horizonte, Porto Alegre, Ipatinga e agora chega a Uberlândia.

No espetáculo Suíte Branca, os dançarinos ficam vestidos de branco do princípio ao fim do balé, e percorrem o instigante emaranhado com trilhas do vocalista da banda Skank, Samuel Rosa.

Em Dança Sinfônica tem a música composta por Marco Antônio Guimarães, que funde em sofisticada trama, peças inéditas e passagens musicais evocativas de balés que marcaram a história recente do grupo.

APRESENTAÇÃO CURSO DE DANÇA UFU

O Curso de Dança do Instituto de Artes da Universidade Federal de Uberlândia é o mais recente do instituto de Arte. Ele nasceu em 2011 e já conta com bons trabalhos executados por alunos com a supervisão dos professores. Alguns trabalhos elaborados por discentes em algumas disciplinas serão apresentados durante os três dias, a partir das 19h30, no foyer do teatro.

No primeiro dia, 13 de outubro, haverá a apresentação de dois trabalhos nomeados como: “Facesentido”, interpretado e criado por Alexandre Roiz e “Corpo evolução”, interpretado e criado por Lang Soares. Ambas com duração de 15 minutos.

No sábado 14, será apresentado o trabalho elaborado pelo discente no Estágio Supervisionado com o título “O”, do artista-criador Zezé Grillo, orientado pela professora Daniella de Aguiar. Já no domingo, dia 15, o trabalho exibido é “Corpo Imaginário”, elaborado pela discente no Estágio Supervisionado Fabiana Garcez e orientado pela professora Daniella de Aguiar.

Os ingressos estão à venda na Brasal Incorporações – Avenida Vinhedos, 1100 e pelo site www.megabilheteria.com

“BRANCA DE NEVE AO SOM DOS BEATLES” EM CARTAZ NO TEATRO MUNICIPAL DE UBERLÂNDIA!

Branca de Neve é conhecida como a princesa indefesa, perseguida pela madrasta e Rainha Má, que no fim é salva pelo Príncipe Encantado certo? Mas na versão que estreou ontem 15, no Teatro Municipal de Uberlândia, Branca de Neve é uma mulher independente que batalha por seus objetivos, o Príncipe Encantado é um homem vaidoso, e a Rainha Má é toda atrapalhada. As mudanças no conto dos Irmãos Grimm vão além e, nesta história, quem come a famosa maça envenenada não é a Branca de Neve.

E nesta imperdível versão o toque especial está na trilha sonora do quarteto de Liverpool que embala as cenas.

Para o diretor do espetáculo, Leandro Mariz, a trilha sonora agrada aos fãs de Beatles. “A peça agrada tanto às crianças como os adultos. Tem uma pitada de humor para ambos. Tanto para o público infantil, para quem utilizamos gagues de clowns, como para o público adulto, para quem utilizamos piadas da atualidade. Sem falar nas músicas dos Beatles: quem é fã curte a trilha sonora do espetáculo do início ao fim, quando todos saem cantando All You Need is Love”, conta Leandro.

Para deixar a releitura ainda mais interessante, a peça conta com trechos do dramaturgo William Shakespeare. “Por se tratar de um espetáculo para crianças, é importante intensificar o exercício na busca pela formação de opiniões e inserção da cultura”, opina Leandro.

Sinopse

A peça é narrada por uma simpática vovó, que é a própria Branca de Neve revivendo seu passado. Nesta montagem contemporânea, o romance da princesa com o amado Encantado é embalado por um toque shakespeariano; a rainha conhecida tradicionalmente como perversa e má, revela-se uma figura atrapalhada e engraçada e o espelho ganha ares divertidos, capazes de proporcionar boas gargalhadas.

O Espetáculo continua em cartaz neste sábado 16 e no domingo 17, em sessões às 16h no Teatro Municipal de Uberlândia.

Ingressos: R$ 25 (meia) R$ 50 (inteira)

Pontos de vendas: www.megabilheteria.com, loja Espaço G Móveis e Objetos de Arte – R. Bernardo Guimarães, 710, Fundinho, telefone: (34) 3231-3748 e na bilheteria do Teatro Municipal das 13h30 às 18h30.

MARÍLIA GABRIELA APRESENTA “CONSTELAÇÕES” NO TEATRO MUNICIPAL DE UBERLÂNDIA!

Com texto de Nick Payne e direção do cultuado Ulysses Cruz, Marília Gabriela chega a Uberlândia com a moderna e dinâmica comédia romântica Constelações, que tem recebido elogios por onde passa. O roteiro da peça foi traduzido por Marcos Daud e conta com atuação brasileira de Marília Gabriela e Sergio Mastropasqua. Em Uberlândia, a produção local é de Carlos Guimarães Coelho.

Amor, livre arbítrio, destino e física quântica

Será que uma simples palavra é capaz de mudar o rumo da vida de alguém?

Livre arbítrio e destino, personificados nesta peça pelos dois protagonistas, travam um duelo eloquente e desconcertante, cujo fio condutor é a física quântica.

Através de uma sucessão vertiginosa de cenas curtas, os espectadores acompanham o relacionamento entre Marianne (Marília Gabriela) e Roland (Sergio Mastropasqua) que vai se desdobrando através do tempo e do espaço.

Cada variação de texto coloca-os em uma trajetória inteiramente nova, ora aproximando-os, ora distanciando-os, como se o livre arbítrio fosse apenas uma invenção humana ou, de acordo com os princípios da física quântica, como se eles estivessem vivendo vidas paralelas, mas sem nenhuma consciência desse fenômeno.

Assim, o autor apresenta o conceito das realidades paralelas, através de uma sequência de 48 cenas curtas, nas quais uma relação vai se construindo.

Constelações é uma crônica cubista, portanto, que se move entre cantada, sedução, casamento, doença e morte iminente, toda ela permeada por curiosas e, em alguns casos, hilárias, situações do dia a dia.

Romance e ciência colidem nessa insólita história de amor, com diálogos que refletem o dinamismo da nossa era digital, sem deixar de lado a riqueza de significados que as palavras encerram provocando nos espectadores as mais variadas indagações sobre a (ir) relevância do ser humano no universo.

“A peça provoca reflexões sobre o nosso lugar no mundo e as realidades paralelas que a gente pode conceber. Acredito que o público vai se divertir bastante com essa história e ao mesmo tempo vai poder refletir sobre relacionamentos e as escolhas que fazemos na nossa existência”, comenta o produtor cultural, Carlos Guimarães Coelho.

O espetáculo fica em cartaz dias 29 e 30 de setembro com sessões às 20h30 no Teatro Municipal de Ingressos: www.megabilheteria.com

VIVIANE ARAÚJO ESTREIA NO TEATRO PRESTIGIADA POR PLATEIA DE FAMOSOS!

Após o sucesso em Rock Story, atriz Viviane Araújo estreou o espetáculo Lili Carabina, do escritor, jornalista e dramaturgo global Aguinaldo Silva, no Teatro Jaraguá, em São Paulo.

Na peça Viviane Araújo vive a criminosa Lili Carabina, a Estrela do Crime, peça que conta a história de uma assaltante carioca. O autor de novelas criou a personagem de ficção nos anos 1970, quando trabalhava como repórter policial.

Produzido como parte das comemorações que irão marcar os 40 anos de carreira de Aguinaldo Silva, o espetáculo, escrito por Júlio Kadetti e com direção de Daniel Lopes, pode ser descrito como um bang bang nacional que se desenrola nas ruas e becos da Baixada Fluminense.

O ator Mateus Carrieri faz parte do elenco, que conta também com Alex Gruli, Higor Vasconcelos, Cleber Colombo, Yuri Martins, Maciel Silva, Fernando Neves, Leôncio Moura e Arnaldo D’avila.

Na plateia, amigos famosos como, Lilia Cabral, Paula Burlamaqui, Bianca Rinaldi, Marília Gabriela, Lucy Ramos com Thiago Luciano, entre outros, aplaudiram a performance dos atores.

LETÍCIA MANZAN APRESENTA NOVO FIGURINO DA PEÇA BOCA ROSA!

A estilista uberlandense Letícia Manzan realizou em sua loja um talk show com a blogueira, youtuber e agora atriz Bianca Andrade, a Boca Rosa. O evento apresentou o novo figurino que a estilista, reconhecida no mundo pela sofisticação das suas criações, desenvolveu exclusivamente para a peça “Boca Rosa”, que foi apresentada na noite do mesmo dia no Teatro Municipal.

Fenômeno na internet e blogueira de beleza reconhecida internacionalmente, contou sobre os desafios e a trajetória até se tornar uma atriz do teatro.  O talk show, contou com a participação da atriz Ana Carolina Rosa, a Betina da peça, e Luizi Costa, sócia de Bianca no projeto. Murilo Mahler, stylist de Bianca e responsável pela “ponte” entra a youtuber e a estilista e a mãe de Bianca, Mônica Andrade.

A ESTILISTA

Graduada em Design de Moda com especialização no Istituto Marangoni (Milão) e Bunka Fashion College (Tóquio) – Letícia Manzan há 10 anos trabalha com criação e desenvolvimento de coleções.

​Depois de anos no estilo de conceituadas marcas do segmento de luxo, Letícia decidiu seguir novos caminhos e criou a sua marca homônima se tornando destaque no cenário da moda nacional. A marca está presente nas melhores lojas do segmento, e tem seu ateliê em um dos endereços mais nobres da cidade de Uberlândia.

Dentre inúmeras criações para diversas celebridades, Letícia assinou as roupas de Luciana Gimenez, Paloma Berdardi e Juliane Trevisol para o Baile da Vogue, além de desenvolver peças para a top Renata Kuerten e Sabrina Sato.

Referências, artísticas, leves, jovens – são palavras chaves que definem a marca.

​Desde T-shirts mais casuais às mais sofisticadas sedas e rendas rebordadas – para mulheres contemporâneas com informação de moda e que independente da idade tem na sua essência a jovialidade.

RENATA SORRAH APRESENTA PREMIADO ESPETÁCULO EM UBERLÂNDIA!

Pela primeira vez na cidade de Uberlândia, no palco do Teatro Municipal a atriz Renata Sorrah apresenta a premiada peça “Esta Criança”, ao lado da Cia Brasileira de Teatro.

O espetáculo ‘Esta Criança’, escrito pelo dramaturgo francês Joël Pommerat fica em cartaz na cidade entre os dias 18 e 20 de agosto.

A peça aborda a relação entre pais e filhos em 10 cenas curtas. Situações de morte, nascimento, adoção, abandono, agressão e desabafo ilustram momentos importantes na vida dos personagens. Uma curiosidade é que eles não têm nome, sendo reconhecidos apenas pelas relações de parentesco.

O texto foi escrito sob encomenda, em 2003, para o Instituto de Previdência Familiar da França (CAF). A primeira montagem foi realizada em Paris, três anos depois. Em 2007, a montagem estreou em Moscou sob direção do autor. No Brasil, o espetáculo chegou em 2012 com direção de Marcio Abreu. Os quatro atores se distribuem, sem protagonistas, entre 22 personagens.

Um sucesso, unânime, de público e de crítica!

Uma oportunidade única de ver de perto essa artista extraordinária, considerada uma das principais do Brasil.

Os ingressos estão à venda no site megabilheteria, na Toyota Futura (avenida João Naves de Ávila, 4565) e na loja Mangini, do Uberlândia Shopping, ao preço bastante acessível de R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia).

PEÇA “LÉO E BIA” DE OSWALDO MONTENEGRO CHEGA À UBERLÂNDIA!

Um dos musicais mais aclamados da década de 1980 está de volta em remontagem elogiada pela crítica e sucesso de público na temporada de estreia que finalizou em maio, no Rio de Janeiro. “Léo e Bia” uma das criações mais conhecidas de Oswaldo Montenegro vai ocupar o palco do Teatro Municipal de Uberlândia nos dias 10, 11 e 12 de junho.

‘Léo e Bia’, que além de canção e peça, também já foi filme, retorna aos palcos. Desta vez, o texto é protagonizado pela atriz Isabella Santoni – que também pode ser vista na novela das 21h, ‘A lei do amor’. A peça musical arrebata os espectadores em uma história romântica dirigida por Leonardo Talarico, com texto e trilha sonora de Oswaldo Montenegro que  conta sua história e de sua trupe teatral que venceu as dificuldades impostas pela intolerância e falta de liberdade dos anos de ditadura. Retrata os sonhos da geração que busca a salvação e a sobrevivência na arte.

“É uma peça sobre amizade, tolerância e afeto. Um espetáculo divertido, emocionante e com uma extasiante trilha sonora que obteve grande sucesso em sua primeira montagem nos anos 80″, enfatiza Carlos Guimarães Coelho que, juntamente com Maíra Pelizer, Rafael Pelizer e Wagner Junior, traz o musical para Uberlândia.

As músicas do espetáculo são interpretadas por Oswaldo Montenegro, Ney Matogrosso, Alceu Valença, Zé Ramalho, Zeca Baleiro e Paulinho Moska. E atendendo a um pedido especial do diretor, Leonardo Talarico, Oswaldo Montenegro regravou três canções, especialmente, para esta remontagem.

Os ingressos já estão à venda no megabilheteria.com e na Concessionária Toyota Futura – Av. João Naves de Ávila, 4565 – Santa Mônica.  

TONI GARRIDO APRESENTA EM UBERLÂNDIA “NOITES DE ORFEU”!

O cantor Toni Garrido, reconhecido por seu trabalho na moderna música brasileira, desembarca em Uberlândia com seu mais novo trabalho, “Noites de Orféu”.

Toni traz ao palco do Teatro Municipal de Uberlândia uma elegante apresentação no qual passeia por um dos períodos mais marcantes da música brasileira e, através de sua visão de ‘Orfeu’ (personagem que interpretou no filme do diretor Cacá Diegues em 1999), imprime sua própria assinatura nesta história ao costurar o clássico e o moderno.

O espetáculo ‘Noites de Orfeu’, além de contar a história da amizade e parceria de dois grandes mestres da MPB, Vinícius e Tom Jobim, que em 2017 completaria 90 anos, traz à cena também outros grandes compositores brasileiros, como Baden Powell e Carlos Lyra. Os dois gurus da música brasileira, Vinicius e Tom, juntaram-se pela primeira vez para criar o espetáculo ‘Orfeu da Conceição’, e acabaram presenteando os amantes da boa música com um legado incontestável. ‘Noites de Orfeu’ é inspirado ainda no espetáculo ‘50 anos de Orfeu’ de Haroldo Costa.

No palco, junto com Toni, estão também um grande amigo de Tom, Osmar Milito, ao piano; Zé Luis Maia no baixo; o filho de Baden, Marcel Powell, no violão; e Ronaldo Silva na bateria e percussão. Soma-se a essa super banda um quarteto de cordas, formado por músicos da cidade, com dois violinos, uma viola erudita e um violoncelo.

‘Noites de Orfeu’ em Uberlândia é uma produção de Carlos Guimarães Coelho, Wagner Junior, Maíra Pelizer e Rafael Pelizer.

O show, em que o artista surpreende o público com o tom contemporâneo nas maiores pérolas de nossa música, acontecerá nos dias 10 e 11 de maio às 20h30 no Teatro Municipal de Uberlândia.

Os ingressos já estão à venda no megabilheteria.com; nas Lojas Provanza (Uberlândia Shopping e Center Shopping) e na Concessionária Toyota Futura.

LEO CHAVES FAZ PALESTRA NO TEATRO MUNICIPAL DE UBERLÂNDIA!

No dia 9 de maio Uberlândia receberá pela primeira vez a palestra “O Que os Palcos Não Contam”, do cantor Leo Chaves, que faz dupla com Victor.
Na palestra o cantor conta sobre as suas experiências na vida profissional e pessoal, compartilhando tudo o que acontece atrás dos palcos, das muitas dificuldades e desafios em meio à trajetória que o levou ao sucesso.
Feliz em apresentar “em casa” Leo Chaves irá falar também sobre os seus estudos baseados em inteligência emocional, em gestão da emoção, um pouco de filosofia, e o modelo educacional escolar e familiar que o artista vem se dedicando há algum tempo.
O evento acontece no dia 9 de maio, às 19h, no Teatro Municipal e os convites já estão à venda no site www.megabilheteria.com.br
Leo Chaves, dizendo o que os palcos não dizem!

Raquel Costa

Publicidade

Últimas postagens

Parceiros

Instagram