EMCANTAR APRESENTA EM ARAGUARI A “NOVA ESTÓRIA DA DONA BARATINHA”!

Para celebrar a chegada do Natal e Ano Novo, Araguari vai receber de presente um show inédito do EMCANTAR na cidade – ‘A Nova Estória da Dona Baratinha’, um dos mais recentes espetáculos do Grupo, que tem sua origem em Araguari, mas circula por todo País encantando públicos de todas as idades.

Nos últimos meses, ‘A Nova Estória da Dona Baratinha’ foi apresentada em mais de 10 cidades do interior de São Paulo para mais de cinco mil pessoas.

Em Araguari, o espetáculo acontecerá pela primeira vez no próximo dia 16/12 (sexta-feira) às 18h no Cine Teatro Odette.

O evento, que é apresentado pelo Governo de Minas Gerais e Sicoob Aracoop, em parceria com Sociedade São Vicente de Paulo, produção da Roda Cultura e realização do EMCANTAR, será beneficente, com doação de 1kg de alimento não perecível.

A partir de 17h, na bilheteria do teatro, será realizada a distribuição gratuita dos ingressos, bem como recebidas as doações de mantimentos destinadas à Sociedade São Vicente de Paulo.

E a surpresa não para por aí…

Além da estreia do novo espetáculo, o evento contará com uma segunda e bela apresentação do Grupo EMCANTAR, desta vez, acompanhado das crianças de seus projetos sociais. Será uma apresentação inédita, contemplando um repertório clássico que remete aos 22 anos de história do Grupo e também canções natalinas.

11ª VIRADA CULTURAL É MARCADO PELA BRILHANTE PARTICIPAÇÃO DO GRUPO EMCANTAR!

Nem mesmo a chuva, constante em Uberlândia da última semana, impediu o público de prestigiar a 11ª edição do Alvorada Cultural que, com o lema ‘Democratização, acessibilidade e sustentabilidade’, reuniu, na tarde de sábado, 24, cerca de mil pessoas.

O evento contou ainda com apresentação do aclamado espetáculo Festejo da Brincadeira do Grupo EMCANTAR, cuja a missão é fazer arte e encantar pessoas com genuína cultura e rica magia.

Alvorada Cultural já faz parte do calendário anual da cidade e marca a celebração dos resultados de vários projetos sociais de arte e educação, aconteceu no Clube Cesag, bairro Alvorada, com audiodescrição e intérprete de libras durante toda a sua programação. Um projeto que apresenta a real transformação do que o acesso à cultura promove na vida dos participantes e das famílias.

A Cia Cultural EMCANTAR, além de sua atuação como grupo artístico, também trabalha na vertente social, gerindo e desenvolvendo diversos desses projetos que se apresentaram no Alvorada Cultural, em parceria com outras organizações.

“O Alvorada Cultural é resultado dessa soma de esforços em prol do interesse comum e social. É apresentado pelo Ministério da Cultura e Instituto Algar, em parceria com o Programa Transforma, apoio institucional do Sicoob Aracoop e realização da Roda Cultura Produções e Governo Federal, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura”, explicou Ávila.

Além das atrações culturais, o evento contou com serviços de atendimento nas áreas de saúde, psicologia, segurança, assistência social, esporte e acessibilidade para crianças, jovens, adultos e idosos. Tudo de forma gratuita!

 INSTITUTO ALGAR

Por acreditar que a educação é o caminho que vai levar o Brasil a uma realidade melhor, o Grupo Algar investe, desde 1994, em programas sociais voltados à comunidade. A ideia é contribuir com a melhoria da qualidade da educação brasileira. Ao longo dos anos, estes programas cresceram e, em 2002, passaram a ter a gestão do Instituto Algar e uma atuação em três dimensões: social, ambiental e cultural.

UBERLÂNDIA SHOPPING RECEBE PROGRAMAÇÃO DO 26º FESTIVAL DE DANÇA DO TRIÂNGULO!

Acontece em Uberlândia até o dia 21 de outubro, o 26º Festival de Dança do Triângulo – “Encontros: razão, emoção e cena”.

Nesta sexta-feira (19), é a vez de o Uberlândia Shopping receber o Palco Livre – modalidade que tem como objetivo levar a dança para diversos pontos da cidade, democratizando o acesso à arte. A apresentação será das 17h30 às 19h, em frente ao Zenaide Bar.

O festival vem tomando contada da cidade desde a última segunda-feira (15), com pontos diversos de apresentações. O evento é uma iniciativa da Prefeitura de Uberlândia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura. O Palco Livre visa promover interação e cultura em diferentes pontos da cidade de forma gratuita.

Para o superintendente do Uberlândia Shopping, Fredson Dourado, a iniciativa é importante, porque permite a quebra de rotina das pessoas que passam e trabalham no shopping, que poderão apreciar a apresentação de artistas locais.

“O festival estimula as pessoas a buscarem mais cultura. Nós ficamos muito satisfeitos de poder abrir as portas do empreendimento para receber eventos que enriquecem o dia a dia de todos de forma tão simples”, disse.

O evento consiste na realização de oficinas, mostras (infantil, amadora, profissional, de espetáculo e convidada), intervenções e palcos livres. O Festival de Dança do Triângulo está inserido nas memorias da população e dos artistas e promove o fomento da dança, produção de conteúdos culturais dinâmicos e diversos, acesso e sustentabilidade da dança em Uberlândia e Triângulo Mineiro.

Clique aqui e veja a programação completa

EMCANTAR SOCIAL PROMOVE ESPETÁCULOS GRATUITOS EM UBERLÂNDIA!

No mês delas, nada mais justo do que oportunizar que apresentem ao público o aprendizado que estão conquistando no dia a dia, não é mesmo?

Por isso, a partir desta semana, haverá em Uberlândia apresentações gratuitas de espetáculos construídos pelas crianças de dois dos projetos do EMCANTAR Social. São eles: o Projeto Roda de Gente e o Projeto Oficinas de Artes Cênicas, que juntos atendem, no contra turno escolar, cerca de 300 crianças da rede pública de ensino do setor leste de Uberlândia.

As apresentações são resultado das atividades realizadas com esses alunos e envolvem, no caso do Projeto Roda de Gente, canções, brincadeiras e literatura popular; e no caso do Projeto Artes Cênicas, teatro e música. Contemplam vários espaços da cidade, todos gratuitos, com classificação etária livre e alguns deles terão até intérprete de libras como medida de acessibilidade e inclusão.

Além de ser uma oportunidade ímpar dessas crianças mostrarem seus talentos é momento de reconhecimento da comunidade além da apreciação de uma cultura pura e de rica magia tão peculiar da Cia Cultural Emcantar.

Anote aí e prestigie:

Dia 18/10 às 19h – Teatro de Bolso do Mercado Municipal | R. Olegário Maciel, 255. Centro.

Dia 22/10 às 9h – CEU Shopping Park  | R. Juvenília Mota Leite, 700. Shopping Park.

Dia 22/10 às 14h30 – E.E. Padre Mario Forestan | R. Galeno Andrade Santos, 159. Roosevelt.

Dia 23/10 às 14h30 – Ong Ação Moradia | R. Canoas, 181. Morumbi.

Dia 24/10 às 9h – E.E. Irene Monteiro Jorge | R. Canoas, 113. Morumbi.

Dia 26/10 às 9h – Comunidade Casa Shopping Park | Rua Luiz Carlos Monteiro, 20. Shopping Park.

Dia 26/10 às 19h – Oficina Cultural de Uberlândia | Praça Clarimundo Carneiro, 204. Centro.

 

Sobre o EMCANTAR Social

O EMCANTAR Social é uma das frentes de atuação da Cia Cultural EMCANTAR, cujo propósito há 21 anos é fazer arte e encantar pessoas. Nas ações do EMCANTAR Social, mais de 20 mil crianças e adolescentes já foram beneficiados em cerca de 30 projetos regulares desenvolvidos em regiões de baixo aparelhamento social e cultural, além de escolas da rede pública de ensino fundamental.

As atividades envolvem as linguagens da música, teatro, literatura, audiovisual, além de brincadeiras cantadas da cultura popular, e tem como resultado a publicação de 07 livros de autoria coletiva, 02 DVDs com produções audiovisuais em câmeras de telefone celular, 01 CD e mais de 30 espetáculos inéditos resultantes de oficinas. Estas ações são viabilizadas por meio de mecanismos de incentivo à cultura e parcerias com empresas e institutos, tais como Instituto Algar, Instituto Alair Martins, SICOOB Aracoop, CDL, dentre outros.

DENISE FRAGA APRESENTA “A VISITA DA VELHA SENHORA” NO TEATRO MUNICIPAL DE UBERLÂNDIA!

Depois de temporadas de sucesso em São Paulo e no Rio, além de apresentações esgotadas em várias cidades do Brasil, a atriz Denise Fraga chega à Uberlândia com a comédia trágica “A Visita da Velha Senhora” para duas apresentações no Teatro Municipal.

Escrita pelo suíço Friedrich Dürrenmatt (1921-1990) em 1956, a peça joga luz sobre o poder do dinheiro nas relações humanas. Denise interpreta a milionária Claire Zachanassian, que volta à sua cidade natal para se vingar de um antigo amor. Uma verdadeira história de vingança na trama que questiona os valores humanos diante da necessidade de sobrevivência ou, quem sabe, da ganância do homem.

O enredo é aparentemente simples. Os cidadãos de Güllen, uma cidade arruinada, esperam ansiosos a chegada da milionária que pode salvá-los da falência. No jantar de boas-vindas, Claire Zachanassian, interpretada por Denise Fraga, impõe a condição: doará um bilhão à cidade se alguém matar Alfred Krank (Tuca Andrada), o homem por quem foi apaixonada na juventude e que a abandonou grávida por um casamento de interesse. Ouve-se um clamor de indignação e todos rejeitam a absurda proposta. Claire, então, decide esperar, hospedando-se no hotel da cidade.

A partir dessa premissa, o autor nos premia com uma obra-prima da dramaturgia, construindo uma rede de cenas que se entrelaçam, cheias de humor e ironia, um desfile de personagens humanos e reconhecíveis que, pouco a pouco, vão escancarando a nossa fragilidade diante do grande regente de nossas vidas: o dinheiro.

Quem mata Krank?

Cairá Güllen na tentação de satisfazer o desejo de vingança

O que é fazer justiça? da milionária?

Ou fará justiça?

Até que ponto a linha ética se molda ao poder do dinheiro?

A Visita da Velha Senhora tem direção de Luiz Villaça. Além de Denise Fraga e Tuca Andrada, estão no elenco Fábio Herford, Romis Ferreira, Eduardo Estrela, Maristela Chelala, Renato Caldas, Beto Matos, David Taiyu, Luiz Ramalho, Fernando Neves, Fábio Nassar e Rafael Faustino.

O espetáculo estará em cartaz no Teatro Municipal de Uberlândia nos dias 27 e 28 de outubro.

Os ingressos estão à venda no site https://megabilheteria.com/ e nas lojas Provanza (Center Shopping e Uberlândia Shopping).

 

INDICADORES DE EXCLUSÃO CULTURAL NO BRASIL SÃO PREOCUPANTES!

Considerado o 5º maior país do mundo em extensão territorial, o Brasil possui em sua história uma grande variedade de contribuições étnicas. Essa variedade nos tornou uma nação com uma extrema riqueza cultural, porém indicadores apontam uma exclusão dessa riqueza.

Segundo o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 92% dos brasileiros nunca frequentaram museus; 93% jamais frequentaram qualquer exposição de arte; 78% nunca assistiram a um espetáculo de dança; e apenas 13% frequentam cinema alguma vez por ano.

Em se tratando de leitura, a situação também é crítica, pois o brasileiro lê em média 1,8 livros por ano, enquanto na Colômbia o índice é de 2,4 livros per capita/ano e na França são sete livros per capita/ano. Para piorar um pouquinho, no Brasil, 73% dos livros estão concentrados nas mãos de apenas 16% da população.

Veja mais dados do IBGE sobre a exclusão cultural no Brasil:

Perfil dos municípios brasileiros:

– 90 % não têm salas de cinema;

– 77 % não têm teatros;

– 75 % não possuem museus;

– 75 % não têm livrarias;

– 66 % não possuem centros culturais;

– 86 % não têm secretaria exclusiva de cultura;

– 98 % não têm órgão da administração indireta para a área;

Esses são apenas alguns dados que sinalizam o quanto precisamos avançar no quesito inclusão cultural. Para dar conta dessa transformação urgente, a parceria entre iniciativa pública e privada por meio de projetos socioculturais tem sido fundamental.

Em Uberlândia no Triângulo Mineiro, um projeto sociocultural que atende alunos da rede pública no contra turno escolar tem sido objeto de entusiasmo e de transformação dessa realidade.

O Projeto Transforma – Oficinas de Artes Cênicas realizado pelo EMCANTAR Social, em parceria com Programa Transforma, e patrocínio do Instituto Algar, por meio das Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e Lei Rouanet, recentemente promoveu o acesso de 120 crianças e adolescentes a espetáculos pela primeira vez.

Lara Mariana, de 13 anos, é aluna do Projeto e conta que nunca tinha estado em um teatro antes. “Não sabia como era. Mas, agora, só nesse ano em que vim para o Projeto, já fui duas vezes com a turma para assistir a um espetáculo de dança e outro de música no Teatro Municipal de Uberlândia. Achei muito bom, gostei demais, achei tudo diferente, organizado e bonito”, disse.

Entre as contrapartidas do Projeto, estão passeios a espaços culturais para visitação e também para apresentação, pois durante as oficinas os alunos desenvolvem seu próprio espetáculo para ser compartilhado com a comunidade.

“Já realizamos seis passeios a espaços culturais para que os alunos tenham acesso a espetáculos de teatro, dança, música, etc. Também apresentamos cinco espetáculos próprios criados coletivamente durante as oficinas do Projeto, e que envolvem teatro, expressão corporal, cenário, figurino, técnica vocal, instrumentos de percussão e brincadeiras populares”, conta a oficineira, Luciene Andrade.

Para conviver bem em sociedade, é fundamental que alunos desenvolvam desde a primeira infância as habilidades sociais, que os acompanharão por toda a vida. Ações socioculturais no colégio são importantes, pois além de promovem a  socialização, o respeito, além da consolidação do aprendizado.

EMCANTAR Social

GRUPO ARMATRUX APRESENTA “THÁCHT” EM UBERLÂNDIA!

Com 27 anos de trajetória, o grupo de teatro Armatrux, de Belo Horizonte, que já se apresentou em vários países, em todos os estados brasileiros e em mais de 50 cidades do interior de Minas Gerais, totalizando um público de mais de 500 mil pessoas, desembarca em Uberlândia neste sábado, 22, com o espetáculo “Thácht”.

Thátch é resultado de uma parceria com o renomado diretor mineiro, Eid Ribeiro, com o quem o Grupo Armatrux trabalha há 11 anos, aprofundando sua pesquisa de uma linguagem própria, ancorada em uma plasticidade cênica baseada na manipulação de objetos, na delicadeza e precisão da partitura física dos atores e na utilização da música ao vivo nos espetáculos.

O teatro físico, a música, o circo, o objeto, a dança e o boneco sempre fizeram parte da investigação cênica do Grupo, resultando, assim, na criação de uma dramaturgia poética e imagética, bem original.

Desse modo, o grupo, que é formado pelo atores Paula Manata, Tina Dias, Raquel Pedras, Cristiano Araújo, Eduardo Machado e Rogério Araújo, desenvolveu uma linguagem própria, aberta a novas possibilidades de encenação, que resultam em montagens voltadas para o público adulto e infantil. São 20 espetáculos ao todo, além de 3 curtas metragens e 1 exposição interativa.

Com Eid Ribeiro, Armatrux deu vida a quatro premiadas montagens, sucesso de público e crítica, marcadas pela experimentação de novas possibilidades cênicas, entre as quais está “Thácht”.

 Neste próximo sábado (22) e domingo (23), às 20h, Armatrux apresenta o espetáculo “Thácht” em Uberlândia pela primeira vez.

Em duas sessões, sendo sábado (22) e domingo (23) , as apresentações acontecerão às 20h no Ponto dos Truões, na Av. Ana Godoy Souza, 381, no Bairro Santa Mônica.

 

ESPETÁCULO INFANTIL “O REINO DAS CORES BRILHANTES” CHEGA À UBERLÂNDIA!

Cores, muitas cores e uma grande onda de felicidade, amizade e amor é o que levou a Cia. de Teatro Carlos Moreira escolher o filme TROLLS como inspiração para montagem do espetáculo infantil “O Reino das Cores Brilhantes”. Inovador e trazendo como tema central o verdadeiro conceito de felicidade o musical chega à Uberlândia no dia 25 de setembro.

Os pequenos Trolls, que amam cantar, dançar e que não abrem mão de um bom abraço veem sua felicidade ameaçada quando os rabugentos Bergens, percebem que a única maneira de serem felizes é capturando os trolls. Após ter seus amigos raptados, POPPY se une a TRONCO para juntos traze-los de volta, mas entre eles existe uma dualidade bem interessante da percepção da realidade. Enquanto Poppy acredita que o mundo é lindo e maravilhoso, Tronco segue a linha realista, o que gera um diálogo de muito aprendizado que se encaixa perfeitamente no nosso cotidiano.

CORES e BRILHOS não vão faltar neste lindo e emocionante musical, além de lindas coreografias embaladas por uma trilha sonora incrível.

O espetáculo será apresentado no dia 25 de setembro às 19h30 no Teatro Municipal de Uberlândia.

Ingressos nos pontos de vendas:

Paper Store (Center Shopping e Uberlândia Shopping)

Gato de Botas Avenida João Naves de Ávila -70

Espaco G / Rua Bernardo Cupertino 710 – Bairro Fundinho

Rede Escola da Vida – Rua dos Girassóis, 15 – Cidade Jardim

R. Hildebrando Oliva, 24 – Santa Mônica

E pelo site Megabilheteria.com

Inteira: 70,00, Meia: 35,00

Ingresso solidário: Todos pagam meia entrada doando 1 kg de alimento não perecível

MUSICAL ESCRITO E DIRIGIDO POR MIGUEL FALABELLA CHEGA À UBERLÂNDIA!

Com texto e direção de Miguel Falabella, o espetáculo “O Som e a Sílaba” chega à Uberlândia em setembro em duas sessões que serão apresentadas no Teatro Municipal.

Na obra Falabella usou sua habilidade para construir um híbrido de drama, comédia e musical de câmara, apoiado em uma típica história de filme hollywoodiano.

Concebido especialmente para Alessandra Maestrini e Mirna Rubim, duas cantoras atrizes com registro lírico, o musical traz a história de Sarah Leighton (Alessandra Maestrini), uma jovem com diagnóstico de autismo altamente funcional, uma savant, com habilidades específicas em algumas áreas, entre elas a música, e sua relação com Leonor Delise (Mirna Rubim), sua professora de canto.

Recheado com árias, duetos e trechos de óperas, o espetáculo celebra o mistério da mente humana, com um texto terno, engraçado e comovente. A peça aproxima o público e é cheia de humor, como tudo que Miguel gosta de fazer. Ao mesmo tempo, é extremamente delicada, poética e transformadora, dada a trajetória tão rica e profunda da personagem central, Sarah, e de como isto também transforma – para muito melhor – a vida de Leonor (a professora de canto interpretada por Mirna).

Na trama Sarah busca alguém que lhe ajude a dar algum sentido a sua vida. Com a morte dos pais, ela mora com o irmão casado, mas sente que não se encaixa na organização da casa, tem consciência de suas limitações nas relações pessoais e sabe que precisa romper as barreiras da síndrome para se ajustar ao mundo lá fora. Leonor, por sua vez, atravessa uma crise pessoal e profissional.

“Este choque de anseios fará com que uma transforme a vida da outra, até que o público se pergunte quem, de fato, está ensinando quem”, comenta Alessandra Maestrini.

As sessões acontecerão nos dias 29 e 30 de setembro, no Teatro Municipal de Uberlândia, sábado às 20h30 e domingo às 19h.

Os ingressos já estão sendo vendidos nos valores de R$80 (inteira) e R$40 (meia) e podem ser encontrados nas lojas Provanza do Uberlândia Shopping e Center Shopping, no Bouclé Salon e no site www.megabilheteria.com.

musical | duração: 90min | classificação: 14 anos

CISSA GUIMARÃES VOLTA A UBERLÂNDIA COM PEÇA “DOIDAS E SANTAS”!

Ela está de volta!!

Cissa Guimarães ao lado de Josie Antello e Giuseppe Oristânio, retornam a Uberlândia no mês de agosto com a estrondosa comédia Doidas e Santas, que já esteve em Uberlândia, em maio de 2015, levando centenas de pessoas ao Teatro Municipal.

Vista por mais de 250 mil pessoas entre Rio de Janeiro, São Paulo e mais de 22 cidades brasileiras, a comédia romântica ‘Doidas e Santas’ se consagrou como um dos espetáculos de maior sucesso da cena teatral carioca.

No palco, a psicanalista Beatriz (Cissa Guimarães) vive uma crise. Embora no auge da carreira profissional, a vida pessoal anda um caos. Sua mãe, a extravagante dona Elda (Josie Antello), voltou a morar com ela e vive às turras com sua filha adolescente (também Josie Antello). E o marido Orlando (Giuseppe Oristânio), após vinte anos de casamento, está cada vez mais distante, mais surdo, mais mudo, mais morno, mais jogado no sofá. Um casamento acomodado e duas gerações em crise. Assim, não há “santa” que aguente, qualquer uma fica “doida”.

Desta vez serão três únicas apresentações, nos dias 17, 18 e 19 de agosto quando Cissa levará para o palco do Teatro Municipal as inquietações da mulher moderna, suas alegrias, desilusões e neuroses da vida urbana, além do prazer que se esconde no cotidiano e o poder transformador da coragem e do afeto.

Na sexta (17) e sábado (18), sessões às 20h30, e domingo (19), sessão às 19h.

Os ingressos já estão a venda no site megabileteria.com e no Bouclè Salon.

Em breve, outros pontos-de-venda presenciais.

Raquel Costa

Publicidade

Últimas postagens

Parceiros

Instagram