SETEMBRO VERMELHO, UM ALERTA PARA DOENÇAS CARDÍACAS EM CÃES E GATOS!

Com o mote “Se tem amor”, foi lançada em todo o Brasil a Campanha Setembro Vermelho que durante todo mês estará realizando atividades para conscientizar os tutores sobre a importância do acompanhamento periódico do veterinário e do check up anual para a detecção e tratamento precoces dos problemas cardíacos.

As doenças do coração nos bichanos, na maioria das vezes chegam de forma silenciosa, progressiva e fatal. Portanto o cuidado e a orientação para os problemas que mais afetam os cães e alguns gatos ao longo da vida devem ser constantes.

Na cidade de Uberlândia no Triângulo Mineiro, a veterinária Drª Sirlei Manzan – especialista em cardiologia pet recebe no Centro Veterinário média de 50 pacientes por mês com algum tipo de cardiopatia. “Estima-se que as doenças cardíacas correspondam a cerca de 10% dos atendimentos de cães em estabelecimentos veterinários. Desses, a Doença Valvar Crônica Mitral (DVCM) representa entre 75 a 80% das doenças cardíacas em cães. Nos gatos, a doença mais comum é a cardiomiopatia hipertrófica”, explicou Sirlei Manzan.

A recomendação é para que cães de pequeno porte façam exames de prevenção a partir dos 7 anos e os de grande porte, a partir dos 6 anos. Há de se ressaltar que muitos cães ou gatos podem nascer com doenças congênitas do coração. No cão, as raças de pequeno porte mais suscetíveis são o poodle, o cavalier king charles spaniel, o cocker, o dachshund, yorkshire, spitz alemão e maltês. Nos de grande porte, cães da raça dobermann, golden retrivier, labrador e o pastor alemão são os mais suscetíveis. Cães mestiços também podem ser diagnosticados com a doença. Nos gatos as maiores incidências são nas raças mainecoon e persa,

Os tutores devem ficar atentos aos seguintes sintomas:  tosse, cansaço fácil, secreção nasal, língua azulada, sopro cardíaco, intolerância a exercícios, aumento do volume abdominal, síncope e dificuldade respiratória. “Qualquer um desses sinais serve de alerta para que o animal passe por uma avaliação cardiológica. É importante ressaltar que as cardiopatias têm tratamento, seja com medicamentos ou cirurgia”, finalizou a veterinária.

Amor e conscientização junto ao coração do seu melhor amigo!

Download WordPress Themes
Premium WordPress Themes Download
Download WordPress Themes Free
Download WordPress Themes Free
online free course
download huawei firmware
Download WordPress Themes
free download udemy paid course

Raquel Costa

Publicidade

Últimas postagens

Parceiros

Instagram