CENTER SHOPPING É PET FRIENDLY!

 O Center Shopping em Uberlândia acaba de lançar uma grande novidade: o Pet Friendly!! 

Sim!!! Os bichinhos de estimação são muito bem-vindos no “mall”  considerado o maior de Minas Gerais e o 8° do Brasil.

Certamente os passeios em família serão ainda mais divertidos e completos, afinal os Pets já fazem parte da maioria das famílias brasileiras. De acordo com estatísticas 44,3% dos domicílios já possuem pelo menos um cachorro, e na maioria os donos os consideram como filhos.

Com o objetivo de oferecer uma experiência ainda melhor para os donos e seus animais de estimação, o Shopping conta com equipe treinada para oferecer orientações, assim como a limpeza em casos de necessidade. Além disso, os clientes também têm à disposição dispensers com saquinhos higiênicos que podem ser retirados gratuitamente. As lojas aderentes estão com adesivo que sinaliza que o seu Pet é bem-vindo.

Para deixar o passeio ainda mais completo, os clientes também podem retirar petiscos para os pets no Serviço de Atendimento ao Cliente – SAC – localizado no piso 1, próximo às escadas rolantes. A fim de garantir uma boa experiência, todos os cães devem utilizar coleiras. As regras de convivência estão disponíveis no SAC, no aplicativo do Center Shopping, que pode ser baixado gratuitamente no App Store e Play Store, e também no site www.centershopping.com.br.

A gerente de marketing do Center Shopping, Larissa Zilioli Pereira, explica que o objetivo da ação é permitir que as famílias tenham uma experiência ainda mais completa no shopping. “O nosso objetivo é permitir que toda a família esteja reunida no Center Shopping e possa viver experiências inesquecíveis e ainda mais completas aqui”, destaca a gerente.

Além de todas essas facilidades, o Center Shopping também conta com um serviço de petshop, por meio da Uai Pet Store, que oferece tudo o que o seu pet necessita na Alameda de Serviços. No quiosque da Zeedog, no piso 1, os clientes também podem conferir diversos acessórios premium para cães e gatos. Em breve serão anunciadas mais novidades.

SETEMBRO VERMELHO, UM ALERTA PARA DOENÇAS CARDÍACAS EM CÃES E GATOS!

Com o mote “Se tem amor”, foi lançada em todo o Brasil a Campanha Setembro Vermelho que durante todo mês estará realizando atividades para conscientizar os tutores sobre a importância do acompanhamento periódico do veterinário e do check up anual para a detecção e tratamento precoces dos problemas cardíacos.

As doenças do coração nos bichanos, na maioria das vezes chegam de forma silenciosa, progressiva e fatal. Portanto o cuidado e a orientação para os problemas que mais afetam os cães e alguns gatos ao longo da vida devem ser constantes.

Na cidade de Uberlândia no Triângulo Mineiro, a veterinária Drª Sirlei Manzan – especialista em cardiologia pet recebe no Centro Veterinário média de 50 pacientes por mês com algum tipo de cardiopatia. “Estima-se que as doenças cardíacas correspondam a cerca de 10% dos atendimentos de cães em estabelecimentos veterinários. Desses, a Doença Valvar Crônica Mitral (DVCM) representa entre 75 a 80% das doenças cardíacas em cães. Nos gatos, a doença mais comum é a cardiomiopatia hipertrófica”, explicou Sirlei Manzan.

A recomendação é para que cães de pequeno porte façam exames de prevenção a partir dos 7 anos e os de grande porte, a partir dos 6 anos. Há de se ressaltar que muitos cães ou gatos podem nascer com doenças congênitas do coração. No cão, as raças de pequeno porte mais suscetíveis são o poodle, o cavalier king charles spaniel, o cocker, o dachshund, yorkshire, spitz alemão e maltês. Nos de grande porte, cães da raça dobermann, golden retrivier, labrador e o pastor alemão são os mais suscetíveis. Cães mestiços também podem ser diagnosticados com a doença. Nos gatos as maiores incidências são nas raças mainecoon e persa,

Os tutores devem ficar atentos aos seguintes sintomas:  tosse, cansaço fácil, secreção nasal, língua azulada, sopro cardíaco, intolerância a exercícios, aumento do volume abdominal, síncope e dificuldade respiratória. “Qualquer um desses sinais serve de alerta para que o animal passe por uma avaliação cardiológica. É importante ressaltar que as cardiopatias têm tratamento, seja com medicamentos ou cirurgia”, finalizou a veterinária.

Amor e conscientização junto ao coração do seu melhor amigo!

JUNHO É O MÊS DE VACINAR SEU CÃO CONTRA A CINOMOSE!

Você sabia?

Nos meses de junho e julho aumentam os casos de cinomose, uma doença grave e altamente contagiosa entre os cães. Nesse período, os donos devem verificar os cartões de vacinas dos animais para evitar que eles fiquem doentes.

A cinomose é causada por um vírus e transmitida por meio da inalação de partículas virais presentes no ar ou nas secreções de cães infectados. Os principais sintomas da doença são: febre, apatia, secreção nasal e ocular, vômito, diarreia, falta de coordenação motora e convulsões.
Triste não é mesmo?

Mas tem uma boa notícia nisso tudo!!

A doença pode ser evitada com uma simples vacina. Os cães devem ser vacinados a partir de 6 semanas de vida e devem receber três doses. Animais adultos devem reforçar a dose anualmente.  “O contagio acontece com mais frequência em locais onde há grande concentração de animais como: parques, praças, feiras de animais e pet shops.

Por isso, é fundamental que os filhotes fiquem em casa até o completarem o ciclo das três doses da vacina”, disse a veterinária, Cláudia Lameirainha do Instituto Veterinário Ortofisio em Uberlândia.
De acordo com a veterinária, a cinomose é muito agressiva e 95% dos animais que desenvolvem a doença morrem. “É muito sofrido, mas quando a cinomose é diagnosticada no início é possível tratar os sintomas e o animal sobrevive. O cão, muitas vezes, fica com algumas sequelas, mas o tratamento com fisioterapia e acupuntura pode eliminar totalmente o problema e garantir total qualidade de vida do pet”, disse a veterinária.

Raquel Costa

Publicidade

Últimas postagens

Parceiros

Instagram